Skip to content

Uma Odisseia de 40 anos

21/07/2009

 

 

Não podia deixar de assinalar os já 40 anos da  chegada do Homem à Lua. E pareceu-me que nada melhor do que lembrar o filme de ficção científica,  que surpreendentemente um ano antes, em 1968, antecipava este grande passo da Humanidade : “2001, Odisseia no Espaço”, de Stanley Kubrick. 

 Por muitos considerado o melhor filme de ficção de todos os tempos, é baseado no conto “A Sentinela” (The Sentinel), de Arthur C. Clarke, com argumento concebido a quatro mãos, por Stanley Kubrick e Clarke, consumindo três anos de intensas e inovadoras filmagens. Os dois projectaram o seu imaginário num futuro próximo que é hoje o nosso presente, concebendo com incrível precisão um filme de rigorosas antecipações.

O filme joga hábilmente com a imagem e os efeitos visuais prescindindo dos diálogos, e com esta opção conseguiu  captar e transmitir a experiência mais próxima do que poderá ser o ambiente do espaço: o escuro, o silêncio, a solidão, a vastidão, tudo embalado pela paz do Danúbio Azul de J. Strauss, seguido pela sabedoria de  R. Strauss com Zaratustra, que acompanham todo o filme. O resultado do trabalho de Stanley Kubrick foi algo de profundo, visionário e deslumbrante. Proporciona-nos uma experiência única que permite à nossa imaginação  especular sobre os diversos significados possíveis do que estamos a ver.

 

Alguns trechos da banda sonora que acompanham o “bailado” espacial.

 

Kubric criou uma espantosa reflexão sobre a condição humana, através da dimensão épica da grande gesta do Homem à conquista do Cosmos: de olho no universo o homem procura-se a si mesmo, e é esta representação o que faz de “2001” um filme eterno e universal.  Tal como ele próprio sublinhou, em “2001” o mais importante não era a fabulosa tecnologia do futuro mas a sua interacção com o Homem que tinha de se manter a qualquer custo dominante…

Para saber mais sobre os possíveis significados e interpretações do filme vale a pena visitar este fabuloso site :

               (clicar no HAL)hal01

 

“Desde a “Aurora do Homem” (a pré-história), um misterioso monolito negro parece emitir sinais de outra civilização interferindo no nosso planeta. Quatro milhões de anos depois, em 2001, um cientista americano, o dr. Heywood Floyd, chega a uma base lunar para se ocupar de uma fantástica descoberta: um monólito negro que estava enterrado há milhões de anos começa a enviar sinais para Júpiter. Dezoito meses depois, uma equipa de astronautas liderados pelo experiente David Bowman (Keir Dullea) e Frank Poole (Gary Lockwood) é enviada a Júpiter para investigar o enigmático monolito, na nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000a: é a mais prodigiosa aventura do Homem na conquista do espaço. Entretanto, no meio da viagem HAL entra em pane e tenta assumir o controle da nave, eliminando um a um os tripulantes…”
 
 
2 comentários leave one →
  1. 21/07/2009 06:49

    Assisti a este filme várias vezes, e ele não “envelhece” talvez porque vai além da tecnologia, ele trata das aspirações da alma humana, sempre buscando algo mais, apesar de tudo. E amo a música de Richard Strauss “Assim falou Zaratustra”, que graças a este filme virou um símbolo da conquista espacial. Muito bem lembrado para esta comemoração!
    Beijos.

    • 21/07/2009 16:07

      Tenho pena de nunca o ter visto no cinema pois de certeza o impacto seria ainda maior. É extraordinário pois acaba por celebrar todas as inquietações do homem sobre a sua existência e o seu lugar no universo, sempre com o desejo de encontrar vida algures no espaço. O homem é mesmo um ser social… A música é mesmo fantástica e o enquadramento perfeito: é “do outro mundo”….!
      Beijos e boa semana! (está por aí a aparecer o capítulo III da HP, agora começa a complicar-se….)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: