Skip to content

“The air I breathe”, O ar que respiramos…

07/10/2008

Não, não vou dissertar sobre a (má) qualidade do ar que cada vez mais respiramos. Embora seja um assunto deveras importante, não é a “esse ar” que me vou referir, mas antes ao “ar das emoções”, as emoções, os estados de alma por que passamos na nossa vida, em todas as nossas acções, todos os dias da nossa vida, porque é sobre isso de que fala o filme “The air we breathe”, de 2007, a estreia do realizador Jieho Lee, agora em exibição.

Trata-se de mais um interessante filme dentro do género de histórias cruzadas com vários protagonistas, a revelarem as várias dimensões do comportamento humano ,  cujo fio condutor são quatro estados de alma, quatro sentimentos que caracterizam a nossa vida, de acordo com um antigo provérbio chinês:  a felicidade, o prazer, a dor e o amor.  

Assim,  cada um dos quatro capítulos é dedicado a uma das emoções, mas os seus protagonistas acabam todos por experimentar, pela sequência das suas acções, o sofrimento, a dor. O que nos pode levar a questionar: para alcançar a felicidade é necessária a dor? procuramos a felicidade ou procuramos evitar a dor?

Á medida que o filme se vai desenrolando o enredo vai-se construindo, as personagens interligando-se, e começamos a perceber também que cada um depende de outro, e as acções de um vão ter consequências na vida de outros. E é essa construção sequencial que  coloca expectativas no espectador e o leva  a relacionar os acontecimentos e as emoções. Tudo  concretizado por grandes interpretações, a que não é alheio um elenco recheado de bons e diferentes actores: Kevin Bacon, Andy Garcia, Forest Withaker , Sarah Michelle Gellar e Brendan Fraser (aqui num registo bem mais sério do que o habitual!) entre outros.

É certamente um filme envolvente e deixa-nos uma mensagem, mesmo que nem sempre bem explícita.

 

2 comentários leave one →
  1. 07/10/2008 15:39

    Olá mais uma vez…

    parece-me bastante interessante a historia do filme, gostei especialmente das perguntas que focou “para alcançar a felicidade é necessária a dor? procuramos a felicidade ou procuramos evitar a dor?”

    Á primeira eu repondo que sim, é necessária a dor, porque se assim não fosse, como é que sabiamos que estavamos a ser felizes? qual era o sentido de felicidade, se tudo fosse facilitado? que sabor é que tinha uma conquista? Acho importantissima a dor, porque é com ela que aprendemos a vencer, e não há nada melhor que a felicidade conquistada com o nosso mérito!

    Quanto á segunda pergunta, é mais complicado, no meu ver, acho que eu procuro se Feliz, mas ao mesmo tempo tento por todos os meios evitar a dor, mesmo sabendo que ela me faz falta… acho que é o nosso sentido de protecção, e talvez de infantilidade que nos leva a pensar que podemos construir um mundo sem dor! – Para que é que servia esse mundo?

    (já agorra, ouvi dizer que é professora de Artes? Eu estou em Artes… é professora de quê?)

    Beijinhos

  2. 15/10/2008 13:45

    Obrigada pela participação!
    Realmente são questões tão simples mas tão complexas. Existe a ideia que temos que ultrapassar obstáculos para alcançar as nossas metas, que temos de algum modo sofrer para obter a nossa felicidade. Até porque essas provações realmente dão mais valor ao resultado, ao nosso mérito, como referiu. E no fundo estamos sempre a reproduzir o ancestral desejo do homem de alcançar a sua redenção, como no percurso espiritual presente em quase todas as lendas e mitos do mundo.

    Mas depois procuramos alcançar a felicidade com o mínimo de custo possível, procuramos que esse percurso seja facilitado, tentamos baralhar o suposto destino que nos diz que é preciso batalhar…

    Eu sou formada em Design de comunicação, e agora sou professora de Desenho e Educação Visual do 3º ciclo e secundário. É a vida…
    Beijinhos também

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: